CV: Um Jogo da Vida Moderna :)

Quem nuCV-tudonca jogou Jogo da Vida quando criança? Eu adorava! Adorava rodar a roleta colorida e opa! Virei Professora…tive dois filhos…paguei uma multa…e por aí vai…! Era super divertido até a gente crescer e ficar “sem graça” ! CV vai ajudar a você relembrar esse tempo de criança com um pouco mais de desafio trazendo a “graça” de volta! Em CV nós montamos nossa, com muitas variáveis: Saúde, relacionamento, conhecimento, trabalho, bens…

Terminei a minha prima partida sendo uma PhD, com aposentadoria precoce, viajando pelo mundo e cheia de bens! Bom né? Quem sabe um dia, 1 desses aí eu já consegui 🙂

Mas vamos para a análise do jogo para você saber se é sua praia ou não!

Vamos começar dessa vez pelos componentes:

O tabuleiro tem 6 espaços em cima onde os 3 primeiros representam as cartas das gerações adulta, meia idade e velhice e os outos 3 é usado de acordo com o número de jogadores para colocar os objetivos abertos.

Os 5  espaços de baixo ficam as cartas abertas/disponíveis durante o jogo, cada turno a trilha é complementada.

No lado direito abaixo tem uma tabela para facilitar a pontuação final das cartas de relacionamento, saúde e conhecimento.

pic1802623_lg

CV contém 87 cartas. Tem 5 categorias que iremos usar para construir nossa vida: saúde, relacionamento, conhecimento, trabalho e bens. Além disso temos carta de infância que formará a mão inicial e cartas de eventos que surgem durante o jogo e tem algum efeito bônus.

1383724213-1144755544_l

Completando os componentes (sim, são poucos e chega de mimimi por isso pq não quer dizer nada) temos 7 dados, alguns tokens e um bloquinho (com lápis) para anotar os pontos.

Hisilicon K3

Um coisa interessante é que a edição da Conclave vem com as cartas bônus legais! 🙂

cv-cartas-exclusivas

Os componentes tem ótima qualidade, menos os tokens que parecem de papelão brilhoso (se é q tem).

Agora vamos para o funcionamento do jogo.

Mecânica:
– Seleção de cartas
– Rolagem de dados
– Gerenciamento de mão
– Pressione sua sorte
– Coleção de componentes

Em CV cada jogador tenta conseguir mais pontos construindo um currículo mais balanceado e qualificado. O jogo começa distribuindo cartas de infância (que pegar a carta da bicicleta começa o jogo) que são cartas com bônus que podemos usar durante o jogo (a carta é perdida ao ser usada) e objetivos de vida que nos dão pontos extras. Exemplo na figura abaixo a carta em destaque é o colecionador, esse objetivo diz que para cada carta no final do jogo que você tiver de bens você ganha 1 ponto de vitória adicional. Cada jogador tem 1 objetivo secreto e 1,2 ou 3 são abertos de acordo com o número de jogadores (1 a menos do número de jogadores).

pic2291882_md

Objetivos abertos (setup para 4 jogadores)

Depois do setup inicial (infância) o jogo começa na fase adulta. Sempre a trilha terá 5 cartas disponíveis para compra. A rodada se resume a:

  1. Jogar o dados: O jogador joga os dados (4 no início) e tem duas re-rolagens estilo Yahtzee.
  2. Compra 1 ou 2 cartas para o seu CV: De acordo com os dados (mais cartas bônus e tokens que você tem) você compra cartas e adiciona no seu CV.  A carta tem um custo, um tipo e um efeito ou bônus como mostrado na figura abaixo.CV-CARD
  3. Posiciona a carta no seu CV:  Depois de comprada a carta deve ser posiciona no seu CV enfileiradas por categoria como na figura abaixo, mas para isso tem duas regras: Se for carta de trabalho ou de bens tem que ser colocada obrigatoriamente em cima da fileira; se for carta de saúde, relacionamento ou conhecimento pode ser colocada em qualquer lugar. Isso é importante porque a carta ATIVA (a carta válida para receber os tokens correspondentes) é sempre a de cima!!1383724213-1144755544_l
  4. Repõe a trilha de 5 cartas disponíveis para compra
  5. Pega os tokens bônus correspondente as cartas ativas. Por exemplo na carta abaixo de Freelancer: A carta custou um relacionamento, um conhecimento, uma sorte e um $. Se ela for minha carta ativa na fileira de trabalho (CV) todo começo de rodada ela me dá um token de sorte, um de $ e um de relacionamento. Esses tokens podem ser adicionados aos dados para pagar por uma carta. Os tokens não usados são descartados e cada começo de rodada você é reabastecido com todos os tokens das suas cartas ativas e pode utiliza-los novamente.
    pic1792161_md

    Trabalho de freelancer 🙂

    A rodada se resume a basicamente esses 5 passos. Porém tem dois detalhes:

  • Caso você tire no dado três carinhas felizes (sorte): Você pode utilizar essas 3 carinhas para pagar o custo de qualquer  carta da trilha (se houver custo ou condição extra, esse deve ser pago separadamente)
  • Caso você tire 3 carinhas tristes (Azar): Você é obrigado a retirar uma carta ATIVA do seu CV e descarta-la.

E assim o jogo vai rodando pela fase adulta, meia idade e velhice até restar uma carta a menos do que o número de jogadores na velhice, nesse caso o jogo acaba e os pontos de vitória são contabilizados.

Considerações finais: 

UFA! Foi meio detalhado mas espero que tenha ficado claro o que é esse jogo e o que pode proporcionar a você e seu grupo. Eu particularmente acho que vou gostar mais do jogo quando jogar mais partidas. A primeira vez foi bem divertida mas alguns símbolos não ficaram claros e o manual é RUIM!! Não tem um tutorial de cartas diferentes. As cartas são auto explicativas, quando aprendemos fica até óbvio mas algumas no começo tive que usar o Prof. Google. Quanto ao jogo eu acho que valeu o investimento. Eu tenho alguns critérios para dar o veredicto se o jogo valeu ou não valeu e isso é bem pessoal, mas basicamente o valor do jogo não pode ser analisado somente pela quantidade e qualidade dos componentes, toda a arte e elaboração do mesmo tem que ser levada em conta. Fator 2 é como esse jogo se encaixa no seu grupo, qualquer jogo que você levar a mesa muitas vezes vai valer o investimento sem discussão. Fator 3  que esse se encaixou muito bem na minha coleção é o estilo/mecânica/tema diferente dos demais jogos e esse veio a agregar pois é diferente de todos os que eu tenho! O único jogo estilo Yahtzee que eu tenho é King of Tokyo e CV é bem superior! E um fator importante (principalmente ultimamente) é funcionar bem para 2 jogadores e esse passou no teste também!!! Então para mim o veredicto final é que valeu muito a pena!

Pontos positivos:
– Storytelling sensacional
– Arte divertida
– Tema diferente
– Um jogo aparentemente simples mas com um pouco de estratégia (com o grupo certo)

Pontos negativos:
– Não dá pra fugir da sorte
– Poucas cartas (apesar da expansão CV:Gossip ajudar nesse problema)

Ficha Técnica:
Jogadores: 2 a 4
Idade: a partir de 10 anos
Duração: 60 minutos
Tipo: caixa básica
Fabricante no Brasil: Conclave
Idioma: Português pela Conclave
Preço Médio: R$ 199,00

NOTA FINAL:  7.8/10

Complexidade – 5/10

Rejogabilidade – 7/10

Estratégia – 6/10

Componentes – 9/10

Sorte – 6/10

Interação – 6/10

SAIBA MAIS:  BGG  LUDOPEDIA

DICAS DE VÍDEO:  RAHDO

 

 

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Uma ideia sobre “CV: Um Jogo da Vida Moderna :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *